0 items - 0.00 
Chefe Cordeiro

O barulho crepito surte suavemente entre o espaço nobre…
O aroma emana no ar. Sente-se o poder da transformação na arte de servir.
A beleza gastronómica. O verde dos legumes sarapintado com um toque aqui e ali de charme e sabor. Depois o silêncio. E observamos a minucia e o detalhe na disposição antes da presença. Percebe-se ao mínimo detalhe. O olhar atento e a disposição fina apresenta-se num delicado quadro pintado com os melhores ingredientes e produtos tradicionais. É assim o Chefe Cordeiro. Um guardião da cultura gastronómica tradicional portuguesa. Sentimos a presença quase que espiritual da força do sabor. Como é bom o degustar. Eis a retórica que se impõe. Um alcance quase miraculoso que nos remete para um espaço de culto. Como que uma cerimónia eucarística que se apresenta diante dos fieis depositários da palavra, traduzida em corpo e sabor. Um momento vivido em dois.  Um que partilha o fim da aurora. Outro que celebra a chegada do ocaso. Depois do pão e do vinho, a sobremesa. A bênção divina que liberta o corpo e arguta a alma. Serão mais, mas estes somente únicos, onde o Chefe Cordeiro traduz em sabor tudo quanto deposita delicadamente na fineza do seu toque. Permitam-se a estes prazeres.

 

Origens

José Cordeiro nasceu em Angola em 1967 e sendo filho de portugueses de Trás-os-Montes, é nesta terra, na qual cresceu, que encontra as suas origens e também a inspiração para cozinhar, conjugando com diversos produtos portugueses, a ligação fraterna com a nossa terra e as nossas gentes. Após várias experiências internacionais, trabalhou como Chefe Executivo em alguns dos mais emblemáticos espaços a nível nacional.

Estrelas Michelin

Em 2005, a Academia Portuguesa de Gastronomia atribui-lhe o prémio de Melhor Chefe de Cozinha. Em Amarante, onde exerceu o cargo de diretor de restauração, chefe supervisor e executivo, o Chefe Cordeiro conquista uma estrela do guia Michelin, nas edições 2005/2006. Em Novembro de 2011, conquista novamente uma estrela Michelin, no restaurante Feitoria, em Lisboa, que revalidada em 2012 e 2013. O final do ano de 2011 ficou também marcado pelo lançamento do seu primeiro livro de receitas As Minhas Receitas para Cozinheiros Amadores. No ano seguinte vê revalidada a estrela e lança o segundo livro Domingos à Mesa.

Actividades

Entretanto, desdobra-se nas múltiplas solicitações que lhe surgem por ser um dos grandes chefes de cozinha do país, pela sua elevada responsabilidade profissional e pelo seu percurso. Conjuga ainda a presidência do júri do concurso A Mesa dos Portugueses e a coordenação técnica da revista Comer. Enquanto consultor, procura minimizar erros e encurtar caminhos. É procurado sobretudo para desenvolver novos restaurantes ou produtos, por pessoas que precisam de orientações de alguém experiente. A sua participação como elemento do júri dos programas da RTP1  MasterChef em 2011 e do TopChef em 2012 levou-o mais próximo do público português. Em 2013 e início de 2014 voltou à RTP1 para ser o director do programa Chefs’ Academy e Chefs’ Academy Kids.

Onde o encontrar

O Chefe Cordeiro, é atualmente uma marca portuguesa detida a 100% pela empresa Jose Cordeiro Unip. Lda. Como nome incontornável da gastronomia, partilha a sua experiência em restaurantes dos quais também é sócio. O restaurante Blini com cozinha de autor, situado em Vila Nova de Gaia é o seu mais recente projeto, o qual se junta o Porto Sentido na cidade do Porto e o Praça Café no Terreiro do Paço em Lisboa.

  • Subscrever newsletter

  • chefe cordeiro® 2016 | todos os direitos reservados
    brand management by almabrand